O uso do Storytelling nas ações de marketing

Storytelling, que une as palavras inglesas story (história) e telling (contar), é uma contação de histórias com um objetivo bem determinado: gerar emoção no público, levando-o a ações desejadas. Do ponto de vista das empresas, é uma forma de dialogar com o consumidor de maneira mais profunda, criando empatia com a marca e conquistando engajamento.

 

De acordo com o psicólogo Jerome Bruner, somos mais capazes de lembrar de algo ou de alguém quando esses elementos estão associados a uma história. Pesquisadores da Washington University descobriram que o ouvinte de uma história tem várias áreas do cérebro ativadas de acordo com o que é narrado. Dessa forma, quando o consumidor é impactado por storytelling, gatilhos mentais são acionados num processo emocional que faz com que ele se identifique com a mensagem e seja influenciado na decisão de compra, tendendo a efetivá-la.

E como criar um bom storytelling? Para fazer um storytelling que realmente atinja os objetivos propostos, é preciso seguir três importantes passos:

  1. Crie uma história com começo, meio e fim bem determinados.
  2. Desenvolva um ponto de virada. Ou seja, crie um conflito que tire o equilíbrio da situação normal e que precise ser resolvido.
  3. Revele a solução do problema e deixe uma reflexão.

É preciso, ainda, adaptar o storytelling a cada uma das mídias que serão utilizadas na campanha de marketing, adequando o respectivo conteúdo ao seu canal de veiculação.

Por usar uma linguagem mais afetiva, o storytelling tende a criar conexões mais verdadeiras e a gerar mais compartilhamentos, aumentando muito as chances de uma campanha viralizar. Isso acontece, também, porque, por meio dessa técnica, a marca se promove sem se vender explicitamente.

Como se pode ver, lançar mão de contar histórias, quando bem feito, é uma forma eficaz de impactar o público de interesse, impulsionar positivamente a imagem da marca, gerar engajamento e, consequentemente, alavancar negócios. A sua empresa já utiliza a estratégia do storytelling? Caso ainda não, está na hora de começar!

Boas histórias!