Os influenciadores digitais a favor da sua marca

A figura dos influenciadores digitais tem se tornado cada vez mais importante para as marcas, representando um elo significativo entre elas e os consumidores. Mas, afinal, o que são influenciadores e como eles contribuem para essa relação?

Podemos dizer que influenciadores digitais são aquelas pessoas que usam a Internet – mais especificamente as redes sociais – para dividir com os seus seguidores hábitos de consumo e estilos de vida. Como criam laços com as redes que os acompanham, geram um relacionamento baseado na confiança e acabam interferindo, de forma relevante, nas decisões do público.

Então, usar um influenciador a favor de uma empresa é uma estratégia extremamente eficiente para gerar aproximação e uma identificação com os clientes e, claro, de alavancar vendas. No entanto, para que  esse tipo de iniciativa funcione, é imprescindível saber os objetivos da marca e os resultados que ela almeja alcançar com as ações de marketing de influência. Depois, é necessário avaliar os influenciadores ideais para o sucesso da iniciativa, levando em conta o perfil dos seus seguidores e o nível de engajamento que eles efetivamente geram.

Quando a escolha é certeira, a parceria com influenciadores tem potencial para dar autoridade à marca, fortalecendo a sua credibilidade com o público de interesse.  De acordo com artigo publicado pela revista americana Entrepeneur em 2017, 92% dos consumidores acreditam mais na recomendação de produtos ou serviços quando elas são feitas por pessoas e não por empresas. Além de terem um público fiel e engajado, os influenciadores funcionam como se fossem um amigo dando conselhos e despertam o “gatilho mental da prova”, confirmando a qualidade de uma marca ou produto.

E como usar os influenciadores na prática? Há diversas maneiras de se estabelecer essas parcerias: posts patrocinados e participação em eventos são boas opções. Há também quem faça parcerias por meio de permutas, atividade bastante comum entre os micro influenciadores. A forma usada também é essencial para o sucesso da ação, por isso, tem que ser muito bem pensada na fase de planejamento.

Os tipos de digital influencer

Existem diferentes tipos de influenciadores. Bia Granja, co-fundadora do YouPix, listou sete categorias:  Top celebridade,  Fit Celebridade, Autoridade, Ecossistema, Trendsetter, Jornalista e Público interno. A descrição de cada perfil pode ser vista no texto publicado pela Rockcontent.

Qual tipo escolher? Isso depende do seu objetivo estratégico. Por vezes, os chamados micro influenciadores são muito mais efetivos do que os grandes, trazendo mais retornos às marcas. Uma pesquisa do YouPix mostra que, normalmente, quanto maior o número de seguidores, menor a capacidade de engajar: os influenciadores menores costumam gerar 60% mais engajamento.

Dependendo do nicho em que a sua empresa atua, pode ser necessário pesquisar bastante para achar o influenciador ideal. Para facilitar, existem várias plataformas que auxiliam essa busca, como o Buzzsumo e o Klout, por exemplo.

Então, o que falta para a sua empresa começar a trabalhar com o apoio dos influenciadores? Comece já a sua estratégia e atue para humanizar a sua marca, estreitando o relacionamento com o seu público-alvo, ganhando credibilidade e, com tudo isso, gerando melhores performances.