7 de abril de 2016 Agência A+

O RH é estratégico em tempo de crise

Esclarecer os funcionários sobre os momentos a serem enfrentados pelas empresas é uma das tantas ações a serem implementadas pelo RH
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 0 Flares ×

Em momento de instabilidade econômica e política no país, toda empresa, mais do que nunca, está reestruturando departamentos internos com o objetivo de se adaptar a novos cenários de contenção. E a área de Recursos Humanos naturalmente se encaixa neste panorama.

Além de enxugar os quadros de colaboradores e reestruturar equipes com auxílio dos gestores, cabe aos profissionais de RH uma série de tarefas essenciais no dia a dia dos negócios, e em tempos de crise, esse trabalho deve ser reforçado.

Esclarecer os funcionários sobre os momentos a serem enfrentados pelas empresas é uma das tantas ações a serem implementadas pelo RH. Acredito que o caminho é abusar da transparência em relação à situação financeira e sobre as possibilidades de cortes. A comunicação interna tem de estar alinhada para evitar fofocas Assim, conseguimos transmitir segurança e motivação às equipes. Caso contrário, a ansiedade e o medo podem comprometer a produtividade de todos, além de gerar um mal-estar coletivo.

Outro ponto de destaque é promover campanhas de motivação interna. Mesmo que aumentos em espécie não estejam no escopo de muitos negócios agora, é possível incentivar os colaboradores de outras formas, como incluir premiações com distribuição de ingressos para eventos culturais, negociação de folgas, promoção de encontros com palestrantes externos, incentivos em educação, entre outras ações.

Cabe ao RH visão estratégica para reter aqueles funcionários que realmente estejam engajados com os objetivos do negócio, assim como ser responsável por reorganizações internas para promover reconhecimento entre jovens talentos. Esses momentos costumam permitir novas revelações.  Por outro lado, as contratações também merecem reformulações. Assertividade neste momento é palavra de ordem, já não é hora para escolhas erradas que demandam tempo e gastos extras.

A palavra “crise” em chinês tem dois significados básicos, são eles: perigo e oportunidade.  O ensinamento mostra que no interior de uma crise pode estar presente uma oportunidade a ser cultivada. Acredito que, apesar das turbulências dos últimos meses, é possível aprendermos com os obstáculos e voltamos mais fortes.

por Carlos Martins.
Fonte: Revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios.

Solicite um orçamento!