Bem-vindo ao Blog

Algo A+

Leia o Blog

Marketing Digital: 3 fatores que você precisa utilizar no seu negócio

O marketing digital crescimento exponencialmente. Em 2016, segundo a IAB Brasil, o marketing digital movimentou mais de 10.4 Bilhões de reais, dentre lojas virtuais, produtos digitais e pequenas e médias empresas que optam por trabalhar com esse mercado.

Em média, 58% da população nacional utiliza a internet para pesquisas, meios de comunicação e até mesmo em busca de diversão. Atualmente, somos o terceiro país que mais utiliza a internet, ficando atrás apenas do Canadá e Estados Unidos.

Agora eu te faço uma pergunta muito simples: Se 58% da nossa população, ou seja, mais de 115 milhões de pessoas utilizam a internet, o que você está fazendo para conquistar clientes através dela?

Pesquisas apontam que apenas 29% das pequenas e médias empresas utilizam a internet para conquistar novos clientes e gerar negócios.

Neste artigo, iremos abordar 03 Formas que você precisa trabalhar para atingir mais resultados para a sua empresa funcione lucrativamente bem no modo online.

Bom, agora que você já conseguiu enxergar o poder do marketing digital, vamos visualizar 03 pontos que você precisa para ter para gerar mais resultados através da internet.

1. Mídias Sociais

Já foi comprovado que em média, 7 em cada 10 consumidores com menos de 42 anos, antes de comprar qualquer produto ou serviço, pesquisa antes na internet.

Agora, um fato curioso sobre tal é que, a grande maioria pesquisa em mídias sociais mais do que no próprio Google. As mídias sociais têm um papel importante no negócio de uma empresa, através dela, consumidores podem visualizar o que andam postando e verificar demais informações.

Um erro muito comum em centenas de empresas é o fato de postarem apenas produtos e tentarem vender sempre através dessas mídias, canal midiático não tão recomendado.O interessante é você ter constância em suas mídias sociais e alimentar sua audiência com conteúdos que tenham haver com seu público-alvo, diante disso, você pode direcionar os prospectos ao seu blog, páginas de captura ou afins. :)

Portanto, a partir de hoje comece a fazer postagens com frequência e alimentem sua audiência de forma conteudística!

2. E-mail Marketing

O uso do E-mail Marketing vem crescendo internacionalmente e, com isso, os consumidores também vêm se tornando mais exigentes. Ou seja, eles não querem apenas receber ofertas e afins, eles estão ansiosos por conteúdo. Creio que, no próximo ano, essa tendência venha a se multiplicar inúmeras vezes.

Portanto, se eu pudesse ter uma previsão para 2017, seria que o E-mail Marketing irá crescer exponencialmente. Sabendo que 9 em cada 10 brasileiros utilizam e-mail, esse ainda é – e será por um bom tempo – o melhor e maior meio de comunicação corporativo do mundo. Afirmo novamente que as empresas que não conquistarem o seu espaço digital irão fracassar, queiram elas ou não.

A utilização do E-mail Marketing precisa ser feita de forma assertiva, evitando spam e similares. Sabemos que nem todas as empresas respeitam isso, algumas até compram listas de email (coisa que não é legal) e saem por aí enviando e-mails de vendas. Até os servidores comuns, como Gmail, Hotmail, Yahoo, entre outros, perceberam isso e começaram uma verdadeira campanha contra spamers. Eles criaram e otimizaram algoritmos para evitar esse tipo de e-mail nas caixas de entrada de seus clientes.

Um outro fato muito bacana é que, uma vez que o e-mail foi ‘capturado’ você o terá em sua base, tendo a chance de se comunicar com ele frequentemente e, em momentos certos, ofertar algo, diminuindo assim seus custos absurdamente. Leve em consideração que, não é válido sair enviando semanalmente ofertas para o seu público, o melhor é gerar conteúdo que engaje sua audiência para que eles possam confiar um pouco mais em você e consequentemente comprar algo de ti.

3. Marketing de Conteúdo

O famoso inbound marketing, marketing de conteúdo ou marketing assertivo! Chame da forma que quiser, mas para simplificar: o novo marketing é uma estratégia de geração de conteúdo direcionado ao seu avatar (público-alvo) de uma maneira assertiva para gerar novas oportunidades de negócios e impulsionar os resultados de uma determinada empresa.

Mas o que isso significa? Será se funciona? Quando você gera conteúdos inteligentes e assertivos, irá atrair possíveis clientes para o seu negócio, basta ajustar todo o processo de compra com cada um em seu determinado estágio, através de uma comunicação eficaz e automatizada com o seu prospecto.

Atualizar um blog, por exemplo, com textos que remetam a interesses de seus futuros clientes, e sem tentar vender nada através desses textos, é uma maneira ótima de atrair novas pessoas que realmente tenham interesse em seu negócio, ou seja, você está atraindo e criando uma audiência, mostrando sua marca para pessoas que realmente tenham interesse naquele assunto falado.

Com isso, você tem a chance de se aproximar de seu público, convidando-os para entrar em uma lista de e-mails e receber seus conteúdos com maior frequência, criando uma comunicação mais próxima e eficaz.

Além disso, você pode e deve oferecer e-books, infográficos, vídeos e todo meio de conteúdo que sua audiência quiser consumir. Atualmente, o Inbound Marketing é a melhor forma de atrair novos prospectos e transformar leads (pessoas em listas de e-mails) em clientes efetivos, e tudo isso pode ser feito com simples ações de relacionamento via e-mail marketing e anúncios em mídias sociais, por exemplo.

Espero que este pequeno conteúdo, de certa forma, tenha aberto um pouco mais a sua mente sobre o assunto Marketing Digital. O mais importante é que você possa dar os seus primeiros passos em direção ao sucesso utilizando o marketing digital.

Fonte: Administradores.

Salvar

Salvar

Agência A+ Comunicação Integrada

O poder das mídias sociais é bem forte e intenso na Internet, o que as tornam uma ferramenta de marketing cada vez mais explorada pelas empresas de todos os segmentos e por agências de marketing digital que pretendem divulgar a marca na rede e atrair mais clientes.

As Mídias Sociais quando utilizadas de maneira correta, são capazes de estabelecer uma comunicação rápida e prática, além de permitir o usuário de compartilhar informações, imagens, fotos, vídeos e outras opções para se comunicar, levando sua marca e seus produtos para milhares de usuários em qualquer lugar do mundo.

Atuar nas Mídias Sociais hoje já não é mais uma opção para as empresas e marcas, pois seus clientes constantemente publicam comentários e revisões sobre seus produtos mesmo em sua ausência. As empresas devem atuar nas mídias sociais, mas de maneira correta. A A+ pode ajudar sua empresa a aproveitar o melhor do marketing nas mídias sociais, desenvolvendo uma estratégia sólida, visando fortalecer sua marca, divulgar seus produtos e deixar sua empresa mais perto de seus consumidores.

As opções de Marketing nas Mídias Sociais

A Agência A+ possui experiência global no desenvolvimento de estratégias vencedoras nas redes sociais. Podemos ajudar sua empresa a aproveitar o melhor de cada canal, atingindo seu público alvo e seus objetivos.

Além disso, é totalmente necessário e importante que as empresas de quaisquer área, façam parte do mundo digital caso possuam como meta, conseguir sucesso profissional e melhores resultados para os seus negócios, portanto é fundamental que você participe e nos deixe te ajudar a alcançar suas metas.

Com a interatividade proporcionada a partir das mídias sociais e os resultados positivos obtidos em campanhas veiculadas nessas mídias, chamaram a atenção para mais uma possibilidade de mercado e de marketing. Com isso, nossas estratégias de Marketing Digital nas Redes Sociais são exclusivas e podem melhorar sua reputação online.

Nós trabalhamos com as três principais opções, que são:

  • Monitoramento de Redes Sociais
  • Gerenciamento de Redes Sociais
  • Consultoria de Redes Sociais

Monitoramento de Mídias Sociais Agência A+

O serviço nada mais é que o termômetro que mede a repercussão de uma campanha nas mídias, a partir do Monitoramento de Redes Sociais. É somente por meio deste método que uma marca consegue mensurar o resultado e a conversão de uma ação, portanto para quem pretende ver a repercussão de uma ação, essa é a melhor opção.

As nossas ferramentas de Monitoramento de Redes Sociais facilitam o acompanhamento do que é dito pelos usuários sobre a sua empresa nas diferentes Redes Sociais e de forma muito eficiente. Com elas, é possível analisar e mensurar o engajamento, a interação e a recepção da ação pelo público.

Conheça as principais vantagens:

  • Fortalecimento da reputação online
  • Trabalhar pesquisas de mercado e satisfação dos clientes
  • Identificar as postagens que mais foram comentadas e as que menos tiveram repercussão
  • Aumento no tráfego para o site da sua empresa

Gerenciamento de Mídias Sociais

Essa ação já tornou-se praticamente obrigatória e fundamental, pois o serviço consiste em gerenciar seu perfil, para que você saiba tudo o que dizem a respeito da sua marca.

Além disso, o nosso Gerenciamento de Redes Sociais também pode ser feito com a criação de conteúdos significativos para a sua empesa, porque assim, o alcance de usuários tende a ser maior e mais frequente.

Onde pode ser feito o Gerenciamento de Redes Sociais?

Consultoria de Mídias Sociais

Hoje em dia, várias empresas do Brasil investem em ações de comunicação, relacionamento, atendimento, vendas e de publicidade nas diferentes redes. Porém, as estratégias, táticas e técnicas que os nossos especialistas fazem, acontece a partir de uma Consultoria de Redes Sociais.

Como funcionam nossos serviços de consultoria?

Por meio da Consultoria de Redes Sociais da A+, o cliente passa a ser melhor orientado sobre os seus perfis e páginas existentes nas mídias sociais. Com isso, por meio de um estudo específico de cada cliente, a A+ pode encontrar a solução ideal para o seu negócio.

Ou seja, os nossos consultores e especialistas da área trabalham nas suas mídias sociais e contam com ferramentas e técnicas específicas para atender o objetivo de cada um, para que haja um alcance maior de resultados para a sua empresa.

Dessa forma, toda a Consultoria é realizada a partir de cada caso em questão, para que então, as metas possam ser atendidas com sucesso.

Torne a A+ sua Agência de Mídias Sociais

Se sua empresa precisa de alguém que faça com que suas mídias sociais sejam bem administradas, a A+ é agência de Redes Sociais que você busca e estamos preparados para atender suas necessidades – independentemente do seu segmento ou área de atuação.

As três opções de serviços que foram citadas acima, servem para ajudar e fazer com que sua aparência, divulgação e reputação a partir das mídias sociais na internet, fique muito bem representada.

Além disso, é possível acompanhar, administrar, identificar o público, criar conteúdo relevante para as suas contas, como também, conseguir gerar mais tráfego e aumentar o número de visitas do seu website.

Veja os principais benefícios em realizar o Marketing nas Mídias Sociais

Com a nossa agência de Redes Sociais você vai encontrar e ter muitos benefícios. Veja a seguir os mais representativos e valorizados pelo mercado:

  • Você pode criar um vínculo, aproximar-se e interagir com o seu público-alvo e os demais consumidores online;
  • Sua empresa ficará mais reconhecida e conseguirá passar mais credibilidade e confiança aos clientes;
  • Maior fortalecimento da sua marca;
  • Aumento da visibilidade online, além de conseguir novos clientes e atingir mais usuários;
  • Quando você publicar alguma notícia que seja interessante e o seu seguidor gostar, ele poderá compartilhar e divulgar sua marca a todos os seus amigos da rede social.

De acordo com a meta, objetivo e investimento do cliente, a A+ elabora a melhor estratégia com base na necessidade do cliente e planeja as campanhas para as redes sociais mais indicadas em cada caso.

Por isso, entre em contato conosco o quanto antes para saber mais informações sobre nossos serviços e conhecer melhor nossas estratégias.

Assessoria de Imprensa

O que faz o assessor de imprensa? Qual a diferença entre assessoria de imprensa e publicidade? Se eu contratar os serviços de uma agência de comunicação, minha empresa conseguirá sair nos principais jornais do país? Muitas são as dúvidas em torno desta área e a nossa proposta é esclarecê-las.

Em linhas gerais, a principal função da Assessoria de Imprensa é servir como ponte entre o cliente atendido e os veículos de comunicação. Com isso, o assessorado (que pode ser uma pessoa física, empresa, ou instituição pública) conquista uma visibilidade positiva e de confiança junto à sociedade. Ou, nas palavras de um profissional da comunicação: conquista um fortalecimento da sua imagem.

Então, você se pergunta: “E como isso acontece na prática?”.

O trabalho do assessor de imprensa, que geralmente tem formação em jornalismo ou relações públicas, será conseguir que sejam divulgadas na imprensa notícias sobre o assessorado.

O assessor deve conhecer a fundo o cliente: histórico, fraquezas, pontos fortes, quais são seus concorrentes e como está o mercado de atuação. A partir disto, o profissional irá encontrar o potencial noticioso do assessorado, que gere interesse da mídia em publicar algo. Conheça algumas das ferramentas de trabalho que o assessor de imprensa utiliza para construir este relacionamento com a mídia:

  • Estratégias de comunicação: é a elaboração de um planejamento de trabalho que, dentre outras coisas, inclui quais serão os veículos-alvo, quais serão as editorias escolhidas (moda, gastronomia, economia, saúde etc) e quais assuntos poderão ser enviados para a imprensa.
  • Press release, ou somente release: envio de informações em formato de texto, ou áudio quando enviado para rádio. Caso algum jornalista se interesse pelo assunto, ele utilizará o texto da assessoria em sua reportagem, ou irá agendar entrevista com a empresa.
  • Acompanhamento de entrevista: o assessor acompanha a conversa entre jornalista e cliente.
  • Follow up: trata-se de ligar para repórteres e editores com o objetivo de oferecer uma pauta (assunto); estabelecer contato com os jornalistas; confirmar se o jornalista recebeu um e-mail enviado.

Assessoria de imprensa não garante que qualquer instituição ou pessoa física aparecerá nos veículos de comunicação. Isso acontece porque a assessoria não compra espaços no jornal, este trabalho é o da publicidade.  A assessoria de imprensa conquista o espaço na mídia, sem envolver pagamentos ao jornal. Este alcance é muito mais influente e de mais credibilidade para o leitor e, portanto, pode trazer melhores resultados ao assessorado.

Com a vinda e fortalecimento do meio digital, as atividades do assessor de imprensa se expandiram. “Trabalhar a gestão de relacionamento com jornalistas ainda é importantíssimo! Mas atualmente, este profissional ainda deve ter em mente a força que o meio digital pode ter sobre a imagem de uma empresa ou personalidade. Hoje, nas agências de comunicação todos pensam como atingir também aquele blog ou rede social que está mais em alta”.

Interessado nesse assunto? Clique aqui e veja mais informações sobre esse e outros serviços.

Por que investir na comunicação interna de uma empresa? Aumente o nível de engajamento dentro da sua organização

A construção do sucesso de uma empresa passa por uma série de aspectos. Em diversos casos, tanto em empresas nacionais quanto internacionais, o nível de engajamento dos funcionários é parte fundamental dessa trajetória. Uma pesquisa realizada pelo SEBRAE, em 2014, com 1.163 empresários de micro e pequenas empresas mostrou que o investimento nos colaboradores é uma preocupação dos dirigentes: 73% dos entrevistados afirmaram que premiam seus funcionários pelas contribuições inovadoras e 72% disseram investir na capacitação.

O empresário Brian Tracy, presidente e CEO da Brian Tracy International – empresa especializada em treinamento e desenvolvimento de indivíduos e organizações – lançou o livro nomeado “Engajamento Total”. Nele, Brian afirma que “engajamento é uma ideia de negócio e se refere a quanto cada funcionário se sente comprometido com o sucesso do empreendimento”.

Questionado sobre como executivos podem identificar o nível de engajamento dentro de suas empresas, Tracy diz que é possível descobrir perguntando diretamente aos funcionários ou contratando uma empresa especializada para fazer pesquisas anônimas. “Para sair da crise, um dos pontos fundamentais é que as empresas busquem motivar seus colaboradores a trabalhar juntos em prol do bem comum. No entanto, é preciso que os empresários também retomem a confiança para que a prosperidade volte ao Brasil, um dos melhores países do mundo”, completou Brian.

Coautor do livro e sócio da SBCoaching, Villela da Matta destaca a importância de mostrar às pessoas que aquele emprego vale a pena, motivando-as a empenhar seus esforços em prol de alguma coisa que tenha valor. “Por isso os funcionários engajados permanecem nas empresas: eles sentem que a contribuição vale a pena e esse sentimento é tão poderoso que pode levá-los até mesmo a recusar ofertas de emprego com salários maiores, mas que não lhe proporcionarão a mesma possibilidade de contribuição”, conclui Villela.

Por Guilherme Torrezani

Fonte: Abilio Diniz.

A importância do Marketing, da Comunicação e do CRM

O segredo para o sucesso de uma empresa está no relacionamento. Todos têm como objetivo gerar a experiência ideal de relacionamento com o consumidor que está cada vez mais exigente

O segredo para o sucesso de uma empresa está no relacionamento. Ao contrário do que muitos pensam, ele começa na apresentação dos produtos e serviços, passa pela qualidade do que é entregue e termina no contato contínuo. Por isso, para atingir a excelência, é extremamente importante que as áreas de Marketing, Comunicação e CRM – que gerencia o relacionamento com o cliente – caminhem sempre juntas.

As exigências dos consumidores estão mudando o tempo todo e as empresas precisam ter cuidado para conseguir atender da forma como eles desejam e esperam. Muitas companhias investem milhões em campanhas de Marketing e em publicidade para tornar seus produtos mais atrativos e acabam esquecendo do essencial.

Primeiro, é imprescindível garantir a qualidade do que se vende. Se o que o cliente levar para casa for ruim, nem a melhor estratégia de branding e nem o atendimento mais impecável conseguem reverter a experiência inicial negativa. Por outro lado, mesmo que o que estiver sendo oferecido seja referência em qualidade, falhas podem acontecer e o consumidor certamente irá procurar a empresa. Essa etapa é essencial para confirmar a imagem positiva construída pelas áreas de Marketing e Comunicação.

O novo consumidor, da geração Millennials, quer ter opções de canais para entrar em contato com a empresa e não admite perder tempo. Se o consumidor tiver dificuldades com os canais oferecidos, o problema não for resolvido ou o atendimento for demorado, certamente ele não voltará a consumir e irá compartilhar a experiência negativa em sua rede de contatos. Um problema com a qualidade pode ser atenuado se for solucionado com rapidez e, se for resolvido com excelência, com certeza o que ficará na memória é a agilidade na resolução.

Um dos caminhos para o sucesso é garantir a satisfação do consumidor em todas as etapas da experiência dele com a empresa. Ao investir em tecnologias que permitam a interação por diferentes canais de atendimento e tornem a comunicação mais assertiva, o resultado na etapa final do relacionamento, que é o contato direto, com certeza será positivo.

O segredo para manter a imagem positiva, fidelizar e atrair novos consumidores está em trabalhar uma apresentação atrativa, garantir uma boa experiência proporcionada pela qualidade oferecida e fazer com que eles saibam que serão ouvidos e atendidos da forma que esperam sempre que for preciso.

Fonte: Mundo do Marketing.

“Foi a primeira crise da Itambé”, diz CEO

Alexandre Almeida, presidente da empresa, fala sobre a gestão de imagem no caso de um garoto que morreu após ingerir o achocolatado Itambezinho e conta detalhes da operação que envolveu duas mil pessoas

Na sexta-feira, 26 de agosto, a Vigilância Sanitária do Mato Grosso notificou a Itambé  após um garoto de dois anos ter morrido ao consumir o achocolatado Itambezinho. No mesmo dia, um comitê de crise foi acionado e envolveu quase duas mil pessoas de áreas como Relações Institucionais, Recursos Humanos, Produção e Marketing.

Uma semana após, na sexta-feira, 2, a Polícia do Mato Grosso informou que se tratava de envenenamento, logo, não havia responsabilidade da Itambé e, tampouco, contaminação do produto. Em entrevista ao Meio & Mensagem, Alexandre Almeida, presidente da Itambé, revela os números da primeira gestão de crise da empresa que tem 65 anos de fundação. “Deixamos de vender R$ 500 mil em uma semana e tivemos um lote bloqueado avaliado em R$ 3 milhões, o mais importante, no entanto, foi o esclarecimento do caso, reforço a nossa solidariedade com a família do garoto”, diz Almeida.

A ação foi coordenada em conjunto pela Itambé, In press Porter Novelli e a agência digital Founders. No total, foram mais de 700 matérias publicadas e quase 25 milhões de pessoas impactadas com os conteúdos publicados. O comunicado final da empresa feito pelo presidente teve mais de 40 mil compartilhamentos.

Meio & Mensagem – Como estava reestruturado o plano de crise da Itambé?
Alexandre Almeida – Contávamos com um comitê que reunia as primeiras pessoas responsáveis a serem acionadas em um caso como este. Tínhamos um trabalho prévio de treinar as pessoas que falam com a imprensa e um plano definido, mas tem coisa que só se aprende na prática quando o assunto é crise. Não é algo corriqueiro ter crise. Essa é a primeira crise da Itambé. O que existia de forma clara eram os papéis de cada pessoa para que não houvesse posicionamento e nem comunicação conflitante.

M&M – De que maneira a notícia chegou até vocês?
Almeida – Eu estava fora da empresa, em um almoço em São Paulo. A notícia chegou por meio de um telefonema de uma pessoa que fazia parte de um grupo de mães nas redes sociais e disse o que estava ocorrendo. Neste instante, tínhamos um comitê envolvendo áreas de Relações Institucionais, Recursos Humanos, marketing e produção. Estava claro o que deveria ser feito: transparência total.

M&M – De forma prática, o que foi feito?
Almeida – Montamos uma operação que envolvia o SAC, contatamos clientes e  revendedores. Decidimos que não reduziríamos nosso padrão de atendimento e fizemos uma ação coordenada publicando nosso posicionamento nas redes sociais. Não deixamos de atender uma solicitação de imprensa sequer. Além disso, o grau de engajamento que tínhamos nas redes, nos ajudou a nos comunicarmos com nossos consumidores.

M&M – Falando em redes, foi nelas que surgiram os boatos, quando a empresa deve decidir se posicionar ou não?
Almeida – Acho que tem que medir o impacto. Muitas vezes, tem um boato que é localizado e a companhia tem mais alcance que ele. Se ela dá luz a ele acaba divulgando e ampliando a proporção.

M&M – Quantas pessoas foram envolvidas e qual foi o prejuízo da empresa?
Almeida – Eu acho difícil dimensionar o prejuízo. Mas posso te dizer que foi um impacto pequeno diante de uma situação tão trágica como essa. Deixamos de faturar R$ 500 mil em uma semana na venda do Itambezinho. Teve também um custo de recolhimento, retiramos quatro mil unidades de um total de 310 mil. E envolvemos 1600 pessoas internamente incluindo vendas e estruturas de atendimento.

M&M – Como a marca vai sair dessa situação?
Almeida – A gente reforça junto ao público a questão da credibilidade  e saímos internamente muito fortalecidos. O caso, apesar de triste e trágico, nos mostrou o potencial de engajamento da marca e a importância de ter transparência.

Fonte: Meio & Mensagem.

6 formas para fazer seu cliente se apaixonar por sua marca

Como em um relacionamento de verdade, uma paixão entre empresa e cliente depende muito mais do que apenas o primeiro encontro. Hoje em dia, não basta que alguém conheça sua marca. Ela precisa ser forte e encontrar uma forma de estar presente no dia a dia dos consumidores.


Por trás da construção dessa paixão, há um forte trabalho de branding, que se apoia muito na intimidade, velocidade e amplitude das mídias sociais. A empresa australiana de design de marcas One Deep Design criou um infográfico que mostra alguns dados sobre a importância de um trabalho como esse.

Reunindo esse monte de números, a empresa listou seis formas para fazer seus clientes se apaixonarem pela sua marca. Depois da lista, você encontra o gráfico original, em inglês, com as fontes de todos os dados.

1. Ofereça um atendimento de primeira
Não adianta ser medíocre: sua empresa precisa tratar seu cliente da melhor forma possível. Para 73% dos consumidores, o atendimento amigável determina o amor por uma marca. E não pense que os custos serão um problema: 55% dos consumidores estão dispostos a pagar mais por uma experiência de consumo melhor. O mais importante é lembrar que 89% deles pararam de fazer negócios com empresas que os trataram mal.

2. Dê um tapa no visual
Sim, os consumidores julgam as marcas pela capa – ou melhor, por seus sites. Este é o primeiro critério para definir a credibilidade de uma empresa para 46% das pessoas. Além disso, 90% das compras são feitas baseadas em fatores visuais.

3. Crie conteúdo de sustância
Conteúdo de qualidade é o terceiro principal motivo para pessoas seguirem empresas nas mídias sociais. As publicações e a proximidade de cada marca com seus clientes por meio dessas ferramentas também ajuda na hora de determinar uma compra: 67% dos usuários do Twitter, por exemplo, estão mais inclinados a comprar de marcas que eles seguem.

4. Abuse das emoções
Criar uma marca forte pode envolver vários passos virtuais. Isso não significa que ela precisa ser distante ou impessoal. Explore as emoções em cada estratégia para se conectar de forma mais humana com seus clientes. As emoções são a base para 75% das experiências de consumo.

5. Fique de olho no seu histórico e surpreenda
Três de cada quatro consumidores gastam mais com marcas com as quais tiveram experiências positivas anteriores. Fique de olho para não escorregar e mantenha um histórico do que a empresa já realizou de positivo. E sempre que tudo parecer rotineiro, surpreenda seus clientes fieis com algo novo.

6. Escute – mesmo – seus clientes
Não adianta ter diversos canais de comunicação com seus consumidores e não usar as opiniões deles para melhorar sua empresa de alguma forma. Aproveite aquelas que são interessantes e divulgue as críticas construtivas – positivas ou negativas. Adicionar depoimentos de clientes no site de uma empresa pode aumentar as vendas em até 250%.

Fonte: Revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios.

Mobile Marketing e seu futuro para aparelhos móveis

Se você ainda não dá a devida importância a Mobile Marketing, você precisa repensar sobre o assunto.

Hoje em dia, cada vez mais pessoas estão conectadas a internet através de um smartphone ou tablet e elas desejam uma experiência tão boa (ou melhor) como em um computador.

Veja todos os detalhes sobre Mobile Marketing no infográfico logo abaixo.

Eu irei compartilhar várias estatísticas e dicas sobre porque (e como) você pode otimizar o seu site para mobile.

Veja algumas estatísticas abaixo sobre Mobile Marketing:

Existem mais telefones celulares do que televisões no mundo;
86% dos usuários usam seu smartphone enquanto assistem TV;
22 bilhões de dólares são gastos em publicidade para mobile.

Pensando na importância do assunto, o Viver de Blog produziu um rico infográfico com absolutamente tudo sobre Mobile Marketing.

Clique na imagem abaixo para baixar uma versão em alta qualidade desse infográfico:

 

 

Fonte: Alisson Design.

Solicite um orçamento!